ACESSIBILIDADE

Gere relatórios em diversos formatos eletrônicos

Gerar relatórios

Polo da Universidade Aberta do Brasil de Lagoa Grande recebe visita técnica da equipe da Educação à Distância da UFPE

A Equipe da Educação a Distância da Universidade Federal de Pernambuco (EAD-UFPE), coordenada pelo professor Francisco Kennedy, coordenador-geral da UAB na UFPE, realizou uma visita técnica de articulação ao polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) de Lagoa Grande.

A equipe foi recebida pela professora Fabiana Ribeiro, secretária de educação, e teve como objetivo conhecer a estrutura onde funcionará o Polo UAB de Lagoa Grande, assim como definir os cursos que funcionarão a partir do 1º semestre de 2023.

O Polo funcionará na Enoteca Francesco Luigi Pérsico, localizada no distrito de Vermelhos, e possui infraestrutura diferenciada para receber os cursos e os futuros universitários.

Dedicado com o projeto, o prefeito agradeceu a visita técnica da equipe e ficou entusiasmado com o início dos trabalhos do Polo da UAB em Lagoa Grande. “Eu vejo este projeto como um grande legado para Lagoa Grande, nenhum projeto coletivo pode ser mais exitoso para uma sociedade que um projeto educacional, é este o legado que pretendo deixar para nossos munícipes”, destacou o prefeito Vilmar Cappellaro.

O coordenador-geral da UAB na UFPE, Francisco Kennedy, afirmou estar bastante entusiasmado com o novo Polo. “A infraestrutura do polo de Lagoa Grande já começa com um grande diferencial, algo que certamente contribuirá bastante com o sucesso da implantação da unidade. O polo é bem estruturado e possui grande potencial de desenvolvimento”, ressaltou o professor Kennedy.

A Secretária de Educação Fabiana Ribeiro falou sobre a importância do projeto Universidade Aberta do Brasil para o município e parabenizou o prefeito Vilmar Cappellaro por perceber a grandiosidade da ação.

”O Polo da UAB em Lagoa Grande certamente proporcionará o atendimento de demandas reprimidas de educação superior no município. Esta é uma das grandes apostas na área da educação pelo nosso gestor. Sabemos que não é todo gestor municipal que tem essa visão de fortalecer o ensino superior, até porque a educação superior não é de responsabilidade do município”, concluiu Fabiana.

Rolar para o topo
Skip to content