ACESSIBILIDADE

Laboratório de inseminação artificial para caprinos e ovinos em Jutaí foi tema de reunião entre IFSertãoPE e prefeitura

A prefeitura de Lagoa Grande levou uma comitiva de professores do IFSertãoPE, Campus Zona Rural e Santa Maria da Boa Vista, ao Laboratório de inseminação artificial para caprinos e ovinos,  localizado no Parque de Exposição Paulo Fernando Alencar Macêdo, no distrito de Jutaí. O encontro foi organizado pela Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Interior, com as tratativas para estabelecer uma parceria para o funcionamento do laboratório.

Os secretários Antônio Coelho (Agricultura) e Olavo Marques (Governo); e o chefe Distrital Ericson Rodrigues, apresentaram à comitiva a estrutura física e os equipamentos existentes. “O prefeito determinou que buscássemos parceiros para fazer esse laboratório funcionar, e, hoje demos um importante passo para o seu funcionamento. Essa visita foi o pontapé inicial, em breve esse laboratório vai funcionar e será uma referência no Sertão”, disse Antônio Coelho.

O chefe do Departamento de Extensão e Cultura do IFSertãoPE, Clesio Morgado, avaliou positivamente o encontro e disse que a ação vai acontecer da melhor forma, para viabilizar a questão do melhoramento genético dos produtores de caprinos e ovinos da região de Jutaí. “Vamos formalizar uma parceria no sentido de estabelecer um convênio mais à frente, e quem sabe, fazermos a gestão desse centro e montarmos um centro de reprodução aqui em Jutaí,  e que traga progresso no tocante ao melhoramento genético dos rebanhos dos moradores”, disse.

Durante a visita ficou pré-agendado um novo encontro, na ocasião será feita a catalogação de todos os materiais disponíveis no laboratório. Na sequência será elaborado um projeto, que será apresentado à gestão municipal para o devido funcionalmente e dinamismo do  laboratório.

A comitiva do IFSertãoPE foi composta por Clesio Morgado, chefe do departamento de extensão e cultura; Antônio Júnior, diretor geral do IFSertãoPE, campus Santa Maria da Boa Vista; Igor Magalhães, Médico Veterinário e pesquisador visitante; Vanicleia Oliveira, professora e coordenadora do curso de Agropecuária; Keidylania da Costa, professora de Agropecuária e médica veterinária e a zootecnista Renata Campero.

Rolar para o topo Skip to content